domingo, 29 de agosto de 2010

A ultima peça

Eu continuo esperando..
Esperando por ele, que há tempos me deixou. Meu coração ainda está espalhado por aí, tentando achar o caminho certo, tentando achar a combinação certa para voltar a ser o que era. Mas parece que nada funciona. Nenhuma combinação está certa, ainda falta um pedaço, que continua perdido por onde ele andava. Não. Essa peça não está perdida, está com ele. Será mesmo isso? Sim, é isso. Quando ele se foi, levou uma peça do quebra-cabeça do meu coração junto.



Eu continuo a espera.
Esperando por ele, que há tempos me deixou. Meus olhos não tem mais o brilho que iluminava a todos, meu sorriso não contagia mais , pois ele desapareceu junto com ele. Não tenho mais sonhos, mas sim pesadelos. Sonho com ele, mas não com a graça que ele possui, mas sim com as palavras que eu soltei da última que o vi:    - Adeus.


Continuo esperando;
Esperando por ele, que há tempos me deixou. Tardes pensando naquele sorriso, que tanto me fascinava, naqueles olhos, que tanto me hipnotizam, no amor que tanto desejo.
Lágrimas já não escapam, ele já se acostumara com a dor de tal perda. Mas ainda procuro pela última peça do quebra-cabeça, pela última palavra do enigma, pela última peça da combinação. Deixou um buraco em mim e dói, tamanha dor, não há como explicar, mas nunca senti tamanha dor. Mas só mostra o quanto eu o amo e preciso dele. Para tampar esse buraco




   - Você ainda me espera? - sussurrou a voz que eu tanto esperava ouvir.
   - É claro, nunca deixarei de te esperar. Você é a minha vida, ainda não compreendeu isso? - continuei de costas.
   Sorriu, pude perceber 
   - Mesmo depois de tanto tempo... Seu amor não mudara em nada? - continuava curioso.
   - Mudou sim. Mudou pra melhor, ele aprendeu a sofrer, a esperar... Por você.
   - Como você consegue? - disse indignado. - Mesmo depois de ter te feito sofrer... Ainda diz essas coisas para mim? Eu não mereço isso... Essas palavras... Esse seu jeito doce...
   - Realmente você não compreendeu nada ainda... O meu amor por você, pode superar tudo, ele é incondicional, irracional... - me virei. Meus olhos novamente brilharam, tentei segurar as lágrimas, mas não consegui. Aquele rosto angelical... Era tudo o que eu precisava.
   - Eu te trouxe uma coisa, que... Levei comigo quando eu fui...
   - O que?
   - A última peça de seu coração. - sorri, novamente o fascinada com aquele sorriso.

                     baseado em  Dreams :D

Nenhum comentário:

Postar um comentário