sábado, 21 de agosto de 2010

É de verdade

Deixe-me provar de sua ternura
Deixe-me entregar-te meu coração
Somos diferentes
Não me importa se não entende

Deixe-me decifrar tantas dúvidas
Deixe-me levá-lo até o Sol
Minha alma não te mente
O amor que se sente
É de verdade
E nunca se vai.

Algumas vezes se equivoca
Quando de repente se apaixona
É de verdade
A mais pura verdade.
Podem me dizer que estou cega
Podem me dizer que estou louca
Mas é de verdade.

Me olhe sem medo, sem censura
Fala-me que quero ouvir da sua voz
É a paisagem mais bonita
Que Deus me mostrou

Serei seu anjo
Sua voz
Em suas batidas viverá
Meu coração
Deixe-me provar de sua ternura
Deixe-me entregar-te o coração
Somos diferente
Não me importa se não entende
Porque é de verdade.
O meu coração não mente
O amor que eu sinto
è de verdade.;.'

Nenhum comentário:

Postar um comentário