sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Sofrer por amor

Solidão, tristeza, saudades

lágrimas em meus olhos brotaram
distância ferida aberta
marcas de amor nas mãos
espinhos da vida que para mim o destino reservou
um olhar sem direção
em busca do meu amor
coração, ingrato, machucado
mente confusa, coração sofrido
incerteza, suspense no ar
dúvidas, lamentos
desconheço seus sentimentos
esperanças se esvaindo
pelo ralo da indiferença
Uma incerteza que perturba
o que você sente por mim
sonhos que fracassaram
Sozinha  de novo na estrada
só restou amargura e tristeza de um amor
teria sido muito feliz, mas meu sonho agora se despedaçou
chega de chorar chega de sofrer
dor de amor, lágrimas
na face de uma poeta que ama.

Nenhum comentário:

Postar um comentário