quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Final;.

Essa é a última poesia de uma garota

que acreditou cegamente no amor
essa são as últimas palavras e versos de uma poeta muda

que nunca pode gritar para o mundo o tamanho de seu amor
esse é meu último suspiro
minhas lágrimas ardem em minha face
porque essa pobre garota perdeu a vontade e a fé
Vi meu amor ser tratado como lixo
meus sentimentos pisoteados pela indiferença
Hoje nada restou
além de um corpo sem alma
não há pelo que lutar
estou morrendo aos poucos, dia após dia
em cada atitude errada
vi ali a indiferença de quem teve tudo
e esnobou os sentimentos dessa pobre garota
que nunca foi rica mas teve muito mais do que qualquer pessoa
hoje sou o que restou da dor
e me tornei um enorme deserto vazio
seco e árido
Hoje escrevo minhas últimas palavras de dor
e deixo aqui
minhas últimas lágrimas.
Te amo.  Por você até a morte vale a pena.²

Nenhum comentário:

Postar um comentário