segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Me rendo

Não sei o que faço para acabar

com essa angústia, essa solidão
quando durmo ou quando acordo
pergunto onde está meu coração.
Estou com saudades não é novidade
as vezes parece castigo
tu que já esteve bem ao meu lado
restou-me só um imenso vazio
E aquele sentimento confuso
que por dias me tirou a atenção
aquilo que parecia aventura
agora tornou-se amor
Fico aqui bem quieto e tranquilo
tentando esconder esse sentimento
eu te amo, mas não quero sofrer
quero ser feliz o teu lado
eu me rendo
Te espero e quem sabe um dia
possamos fica juntos pela eternidade
O meu amor tu não queira receber
sou humana, não tenho alma vazia

Nenhum comentário:

Postar um comentário