sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Por trás da verdade há algo mais ?

Poderia ser tão fácil, mas eu te deixei ir
Poderia, mas meu orgulho, meu ego, meu medo de ser feliz impediram
E porque pra mim.. só resta sofrer..
Se só eu te amei demais...não pude evitar
E então grito, choro, morro, tudo em silêncio

E entendo como alguém pode amar sofrendo
Amar sofrendo, só por você...
Minha voz não te alcança,
Sinto que te perdi, se escuta o eco

De um silêncio que fala em mim
E pude escrever
Esse poema para dizer-te amor
Que não posso te esquecer
Na fronteira onde estou

Posso morrer ou reviver
Ou fugir com você
Voltei a mim, e não sei quem sou,
Por não ter, não tenho nem a mim mesma
As pessoas são aquilo que não se vê
Por trás da verdade, há algo mais
Solidão, companheira de esperar!
Solidão, como poderia mudar dos meus sonhos, o final?
Todo amor é uma dor
Nos chega sem pedir um único beijo
À vida acontece em minha frente
Meus amigos já não estão
Tenho que continuar
Com quem falar sozinha frente a mim mesma?
Sem um espelho para mentir
Por trás da verdade há algo mais ?

Nenhum comentário:

Postar um comentário