sexta-feira, 13 de maio de 2011

O que fica

Sinto tanto sua falta. O tempo passa e as coisas não mudam. Ainda sinto saudade, meu Deus! Tanta saudade, apesar de estar me acostumando com a sua ausência. Pessoas vem e vão, você fica, mas nunca está aqui. Será que você ainda lembra de mim? Se me visse na rua me reconheceria? Será que você pensa em mim?
Lembro-me com clareza daquela noite de desespedida. Vai fazer 11 meses, talvez um ano, mas o que me impede de procurá-lo? Meu medo, minha fraqueza, porque no fundo eu sei que quando eu te ver novamente terei de me acostumar-me de novo com tudo, com a tua ausência, mas também sei que valeria a pena; indiscutivel.
E tudo que eu queria era você nas minhas noites frias e escura para me aquecer, no fundo, tudo que eu quero, é te ter, quero que você me ame. Quero ser feliz com você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário